As Fatecs e o Centro Paula Souza.

Conheça as Faculdades de Tecnologia do Estado de São Paulo.
Inscreva-se para o próximo Processo Seletivo Vestibular.

VOLTAR


O Centro Paula Souza e as Fatecs.

Em 15 de janeiro de 1968, foi dado o passo decisivo para a criação dos Cursos de Tecnologia. A Resolução 2.001 do Conselho Estadual de Educação, daquela data, constituiu um Grupo de Trabalho para estudar a viabilidade da implantação gradativa de uma rede de Cursos Superiores de Tecnologia no Estado de São Paulo, com duração de dois a três anos. Compuseram esse grupo os Professores Antonio de Carvalho Aguiar, Octávio Gaspar de Souza Ricardo, Paulo Ernesto Tolle, Dimer Accorsi, José Bonifácio de Andrade e Silva Jardim, Urbano Ernesto Stump, Walter Borzani, Edmur Monteiro e Walter Costa. Em 09 de abril de 1969, pela Resolução nº 2.227, criou-se uma Comissão Especial diretamente subordinada ao Senhor Governador do Estado, com o objetivo de elaborar projeto de criação e plano de instalação e funcionamento de um Instituto Tecnológico Educacional do Estado, que proporcionasse habilitações em campos prioritários da Tecnologia e formasse docentes para o ensino técnico. Com sessenta dias de prazo para operar, a Comissão foi constituída pelos Professores Oswaldo Fadigas Fontes Torres, Vicente Chiaverini e Octávio Gaspar de Souza Ricardo. Essa Resolução foi importante para marcar a passagem do tema, do nível teórico-especulativo para o prático-operacional. Da viabilidade de instalação de uma rede de escolas de Tecnologia, fixaram-se os propósitos na criação e na instalação de apenas uma unidade, que por proposta da Comissão Especial, seria o Instituto Estadual de Ensino Técnico “Paula Souza”. O Conselho Estadual de Educação através do Parecer nº 56/70, manifestou-se sob aspectos de conveniência da viabilidade de recursos humanos, materiais e financeiros à instalação e ao funcionamento dos citados cursos. O Centro Estadual de Educação Tecnológica “Paula Souza” (CEETEPS) foi criado pelo Decreto-Lei Estadual, de 06 de outubro de 1969, como entidade autárquica com a denominação de Centro Estadual de Educação Tecnológica de São Paulo (CEET - São Paulo) e autorizado a funcionar pelo Decreto Federal de 03 de julho de 1970, com sede e foro na cidade de São Paulo. O CEETEPS é uma instituição educacional mantida pelo Governo do Estado de São Paulo, que ministra, através de suas unidades de ensino, cursos técnicos de nível médio e cursos superiores de tecnologia. Em 10 de abril de 1973, através do Decreto n° 1.418 os cursos Superiores existentes no CEET – São Paulo, passam a se constituir em faculdade, com a denominação de Faculdade de Tecnologia de São Paulo e o Centro passa a dominar-se CEET “Paula Souza”, entidade mantedora das FATECs – São Paulo e Sorocaba e demais Faculdades que vieram a ser instaladas. O CEETEPS foi transformado pela Lei 952, de 30 de janeiro de 1976, que criou a Universidade Estadual Paulistana “Julio de Mesquita Filho” – UNESP, em autarquia de regime especial associada e vinculada à recém criada Universidade, gozando de autonomia administrativa, financeira, didática e disciplinar, aprovado pelo Conselho Estadual de Educação e baixado por decreto do Governo do Estado de São Paulo. Sucessivas unidades de ensino foram criadas a partir de então, mas apenas nos últimos anos a expansão ganhou uma dimensão mais significativa.


A Faculdade de Tecnologia Pindamonhangaba

A FATEC Pindamonhangaba foi criada em março de 2006 e o curso de Tecnologia em Metalurgia foi o primeiro a ser oferecido pela Instituição. Em junho de 2009 o novo curso de Tecnologia em Manutenção Industrial foi inserido na Faculdade. No 2º semestre de 2010 começa o curso de Tecnologia em Soldagem e no 1º semestre de 2013 tem início o curso de Tecnologia em Projetos Mecânicos. Os cursos foram concebidos e desenvolvidos visando atender os segmentos atuais emergentes da atividade industrial, tendo em vista a constante evolução tecnológica. Estruturalmente, o ensino se apóia em projetos reais, e em laboratórios específicos aparelhados para produzir as condições do ambiente profissional, permitindo ao futuro Tecnológico participar, de forma inovadora, nos vários trabalhos de sua área. Atualmente a Fatec Pindamonhangaba além das salas de aula, possui laboratórios de Química, Fundição, Informática, Metalografia, Manufatura, Hidráulica, Pneumática e Ensaios Mecânicos. Atualmente a unidade oferece os Cursos Superiores de Tecnologia em Manutenção Industrial, Mecânica - Processos de Soldagem, Processos Metalúrgicos, Gestão Empresarial e Projetos Mecânicos.


Missão

Promover um ensino superior gratuito de qualidade, formando profissionais com competências e conhecimentos humanísticos, científicos e tecnológicos, com princípios éticos e responsabilidade social, visando sua inserção no mercado do trabalho com diferenciais competitivos.


Visão

Consolidar-se como polo de excelência, inovação e empreendedorismo na região.


Assista os vídeos e saiba mais sobre a Fatec Pindamonhangaba

Sobre as Fatecs
Depoimentos de Ex Alunos da Fatec Pindamonhangaba

Cursos oferecidos na Faculdade de Tecnologia Pindamonhangaba.

Manutenção Industrial

40 vagas | Noturno

Processos Metalúrgicos

40 vagas | Noturno

Gestão Empresarial

40 vagas | EaD

Projetos Mecânicos

40 vagas | Matutino